-->

banner topo

Entrevista com Fernanda Cândido a fotógrafa que você precisa conhecer

quinta-feira, julho 21, 2016
Fernanda Cândido tem apenas 21 anos é aquariana, produtora de moda,faz faculdade de Design de moda,é dona do blog Hey Street e também é fotógrafa.Suas fotos transbordam talento e por isso a convidamos para essa entrevista cheia de dicas,conselhos.Se você tem interesse e quer trabalhar como fotógrafa(o) de moda leia com atenção essa nossa entrevista e anote tudo!
heystreet.com
Quando você descobriu que queria seguir nessa área?
Eu sempre brincava quando tinha uns 14/15 anos que eu iria um dia ser fotógrafa, mas a gente nunca acha que uma brincadeira de adolescente vai virar algo sério algum dia. Eu ficava fotografando as amigas, e sempre gostei muito desse universo, mas até decidir correr atrás disso foi um processo,  já que fotografia não é uma profissão tão fácil como as pessoas pensam. Acho que depois que eu me formei em produção de moda e comecei a trabalhar com produção e como assistente  de outros fotógrafos ( aprendi muito) , que eu  percebi que eu queria fotografar.  Tive que trabalhar em loja e juntar dinheiro para comprar o meu equipamento, mas depois que eu decidi que era isso que eu queria, foi só correr atrás de mais conhecimento, através de curso, workshop, mais livros sobre o assunto e por ai vai.

Quando você percebeu que fotografia de moda poderia ser o seu trabalho?
Eu nunca pensei : " Ah, vou trabalhar com isso", foi sempre uma relação de amor pela moda e fotografia e muita vontade de fotografar, trabalhar com isso seria conseqüência da minha dedicação. Se fosse para ser, simplesmente seria.  Ainda não tenho anos de carreira, nem uma quantidade enorme de trabalhos, mas acho que quando meu primeiro editorial saiu em uma revista online e a partir dele eu fotografei outros trabalhos que eu vi que eu estou no caminho certo e que eu quero isso para o resto da minha vida. Mas ainda tenho muito chão para percorrer e acredito que as coisas simplesmente vão fluindo.

O que você quer passar para as pessoas com a fotografia?
Eu não sei ao certo o que eu quero passar para as pessoas, é algo muito intimo, é como se eu expressasse tudo que eu não consigo através da fotografia. A relação que eu tenho com a fotografia é muito profunda, e eu confesso que eu não penso muito no que eu vou passar com elas para alguém, não penso se vou agradar ou se todos gostarão, eu só penso o quanto fotografar me transborda e me deixa bem. Mas é obvio que eu não gostaria de passar algo ruim, só não penso muito nisso, até porquê eu não sei se achei ainda minha estética 100%. 

Quando você decidiu trabalhar com fotografia teve apoio das pessoas próximas?
Mais ou menos, muita gente apoiava não acreditando muito, e muita gente dizia que eu deveria ter um trabalho que tivesse uma remuneração "certa" ao invés de um trabalho " instável" como a fotografia.  Mas eu sempre pensei que é melhor ser duro e feliz, do que fazer algo que no final do dia faça eu sentir que não estou vivendo.  Obvio que tem momentos na vida que a gente vai trabalhar com o que não gosta por necessidade, eu mesmo já trabalhei com coisas que me deixavam infeliz, mas tirei algo de bom deles e se não fosse por esses trabalhos eu não teria nunca comprado minha máquina. Mas o importante é que agora todo mundo me apoia e tudo acontece por algum motivo né.

Como é o dia a dia de uma fotógrafa de moda?
Estudar, estudar e estudar. Estar sempre estudando, buscando referências e principalmente praticando.  Fotografia de moda é arte, então você tem que estar sempre pensando em detalhes que farão a diferença, em como melhorar os ângulos, a luz ( que é a alma de toda a fotografia), novas técnicas e etc.  Mesmo que eu não tenha trabalho eu não posso parar de respirar sobre fotografia.

Quais fotográfos(as) que te inspiram?
Eu amo o trabalho de vários fotógrafos,  alguns conhecidos e outros não tanto, é muito difícil escolher alguns para listar. Geralmente tem editoriais específicos que me inspiram. Sou apaixonada pelo trabalho do Tim walker, é simplesmente surreal de incrível, recentemente comprei o livro dele e fiquei mais apaixonada ainda. Mas também adoro o trabalho da Nicole heiniger , Isabel garcia , gustavo zylbersztajn , Nicole Bentley, entre outros.

Qual a parte mais difícil da sua profissão?
A profissão é um pouco desvalorizada, nem sempre a pessoa acha que o que você faz vale o preço que você cobra, sem nem saber o quanto de investimento e garra tem por trás do que você faz. Muita gente também não acredita muito que eu vá fazer algo legal pela pouca idade ou pouco tempo no mercado. É muito difícil também encontrar locações diferentes e seguras aqui no Rj. Mas acredito que as coisas vão melhorar, ainda estou muito no inicio. 

Qual a maior dificuldade que você já enfrentou nesse ramo?
Acho que por ser muito nova, já perdi alguns trabalhos por conta disso no inicio. Sim, já teve gente que torceu o nariz pelo fato de eu ter 21 anos e estar fotografando o segmento fashion a pouco tempo. É um meio muito concorrido,então é difícil mesmo.

Qual foi o trabalho que mais gostou de fazer?
Acho que esse para revista Catarina http://www.revistacatarina.com.br/2016/03/european-girl/, eu estava a um tempo sem fotografar e produzir, e esse editorial ficou exatamente do jeito que eu tinha imaginado e com uma estética que eu curto mais fazer. E é muito difícil o editorial sair 100% do jeito que a gente imagina.



Que dica considera importante para quem quer seguir nessa área?

Estude muito e nunca ache que você já aprendeu tudo, sempre  vai ter algo novo para descobrir. Acho que a gente só consegue evoluir quando a gente sempre está aberto a melhorar e aprender mais sobre o assunto que a gente tanto se dedica, afinal, quando a gente ama o que faz a gente vai querer sempre saber mais sobre o assunto.  E acho muito importante tratar as pessoas como gostaria de ser tratado. Nesse meio existem muitas pessoas diferentes, e a gente tem que lembrar que não é só fazer um trabalho bonito, é ser uma pessoa bonita por dentro também. Um trabalho feito com uma equipe em harmonia é muito melhor do que um trabalho feito com uma energia ruim entre os envolvidos. Uma boa energia influencia muito no que a gente faz.

Qual a câmera mais indicada para quem quer começar a fazer fotografias de moda?
Eu acredito que mais que a câmera está o olhar de quem fotografa, eu uso uma D7100 da nikon, que muitos não considerariam uma câmera para fotografia de moda, até porquê as mais indicadas são bem caras.  Super recomendo a minha, mas eu acho que você pode ter a câmera mais top do mundo, mas se não tiver um olhar legal, não entender sobre iluminação, não souber dirigir uma modelo, você vai ter qualidade de imagem que a câmera vai te dar e não criar algo único com o que VOCÊ enxerga de tal cena ou de tal modelo. Mas isso tudo se adquire com o tempo, eu ainda considero que eu esteja começando também.

Quero começar com essa qualidade de fotografia também !

Pensa em fazer fotografias fora do mundo da moda?
Eu faço haha, faço outros tipos de fotografias, que é basicamente o que me dá uma renda maior, só não posto muito sobre, não fico divulgando muito. Já fotografei casamento, mas não curto muito, eu faço books de casal, de pessoas que não são modelos também.

Caso queira contratá-la ,tirar dúvidas ou se inspirar, é só seguir seu perfil no Instagram,acompanhar seu blog e visitar o seu portfólio .E se gostou dessa entrevista deixe o seu comentário .

1 Comentário

  1. Agora que eu vi! Muito obrigada pela entrevista, amei <3

    ResponderExcluir

Os comentários publicados não representam a opinião do site ou dos autores e são de total responsabilidade do usuário que os editou e submeteu à publicação.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.