-->

banner topo

[RESENHA] Cartas de amor aos mortos - Ava Dellaira

"O corredor barulhento me transtornava. Queria fechar os olhos e fazer com que todas as vozes se dissipassem"
Alguns segredos só conseguimos contar aos nossos maiores ídolos.

  Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heatl Ledger... apesar de ela jamais entregá-las à professora.
O que parecia uma simples lição de casa logo se transforma na maneira de Laurel lidar com seu primeiro ano em uma escola nova e com a família despedaçada depois da morte da sua irmã. 






Querida May,
Decidi fazer essa resenha de uma maneira diferente, eu não sei onde você está, mas depois de ler o caderno que Laurel entregou a professora Buster eu acredito entender o porque você os deixou.

Com sua partida, Laurel precisa lidar com a morte da irmã e o modo como ela escolheu foi se afastar dos amigos entrando em uma nova escola. Você a conhece, ela não quer conviver com a pena dos que lhe conheciam. Esse novo começo e a entrada no ensino médio, vai ser difícil para Laurel que tem uma visão heroica de você, talvez tudo seria diferente se você soubesse da idealização dela em ser como a irmã mais velha, e também a insegurança que ela tem com própria aparência.

Depois que você partiu sua mãe também a deixou, não da mesma forma o que talvez seja pior, então Laurel precisa lidar com os preconceitos juvenis enquanto tenta agradar a sua tia, atualmente a tia Amy é a única presença familiar próxima.
Ela tem feito cartas para seus ídolos, principalmente ao Kurt, lembra quando você apresentou "heart-shaped box" para ela? Ela tem buscado ser como você, a vida que você apresentava a ela. Não seria mais fácil ter contado que você estava mal, e toda culpa que sentia?

Na nova escola ela fez alguns amigos, mas como ela, eles também tem problemas que parecem enormes. Será que eles podem aceita-la sendo que ela guarda tantos segredos?

Laurel precisa de muito apoio, aquele que você não encontrou, ela conheceu um garoto na nova escola, Sky parece ser um bom garoto, não? De onde você está será que pode vê-los?

Você não devia deixa-los, principalmente a Laurel, a pequena fada sem asas, Mas como eu disse eu entendo o porque você os deixou, você só precisava pedir ajuda!
Laurel não precisa ser como você, só precisa ser ela mesma e descobrir que como você ela também não tem culpa de nada, eu espero que Laurel se encontre e deixe de querer ser May.

Eve.

  Carta de amor aos mortos é sobre uma adolescente que tem de lidar com a morte da irmã que lhe era um exemplo. Duas irmãs que eram muito parceiras, a cumplicidade entre elas lhe renderam segredos que atormentavam May e atormenta Laurel. É um livro sobre a descoberta adolescente sobre o que é ser adulto, sobre enxergar que a família e os amigos também possuem problemas e então decidir que é preciso tentar enfrentar os nossos sozinhos.

Resenha escrita pela colaboradora Eve Lopes.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do site ou dos autores e são de total responsabilidade do usuário que os editou e submeteu à publicação.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.