-->

banner topo

Nanowrimo + Livros que amamos

quinta-feira, novembro 03, 2016 11 comentários


Para quem, como eu, ama literatura e conhece sites como Wattpad, Widbook, entre outros, deve estar ligado no NaNoWriMo ou pelo menos na sua existência, certo? NaNoWriMo é um desafio que consiste em escrever um livro de 50.000 palavras no período de um mês. É um desafio para aquela galera que procrastina na hora de produzir (aka Eu). Não importa se você é um Pantser ou Planner, é em novembro que sua capacidade de escrever é desafiada.

Os Pantsers são os improvisadores, aqueles que escrevem ser ter um rascunho, um planejamento do decorrer da história.
Planners são aqueles que tem algum planejamento da sua história, seja um outline, ou descrições dos personagens, são o tipo de pessoas que sabem como querem o início, meio e fim, só precisam escrevê-los
Em novembro essa turma se reúne e escreve sem parar para bater a meta. E como é feita a contagem? Bem, dentro do site é possivel colocar o texto da história para fazer a contagem, mas eles não salvam sua história, ou seja, ele serve apenas para marcar seu andamento.

E para iniciar uma série aqui no DM, queria indicar um livro, na verdade pretendemos divulgar vários pelos próximos dias. Aquele que eu amo e quero indicar é "A profecia Celestina - Uma aventura da nova era", mesmo sendo literatura, ele é aquele livro que te bota para pensar. Descobri ele por conta de um professor, sabe aqueles caras cuca fresca que tira o melhor de tudo? Então, ele certa vez indicou esse livro para um grupo de colegas, até que um dia o encontrei para comprar e descobri que é um livro ótimo. Vou deixar um trechinho para levantar alguma reflexão em vocês:

 O primeiro passo no processo de esclarecimento para cada um de nós é trazer o nosso drama de controle pessoal à plena consciência. Nada pode prosseguir enquanto não olharmos de fato para nós mesmos e descobrirmos o que estamos fazendo para manipular em busca de energia. Foi isso que acabou de acontecer com você. 
— Qual o passo seguinte? — perguntei. — Cada um de nós tem de voltar ao próprio passado, ao centro da vida familiar inicial, e observar como se formou esse hábito. Ver a gestação disso mantém consciente nossa maneira de controlar. Lembre-se, a maior parte dos membros de nossa família tinha um drama próprio, tentando extrair energia de nós quando crianças. Por isso é que tivemos de criar uma forma de drama de controle, para começar. Tivemos de criar uma estratégia para recuperar a energia. É sempre na relação com os membros da família que criamos nossos dramas particulares. Contudo, assim que reconhecemos as dinâmicas de energia familiares, podemos nos distanciar dessas estratégias de controle e ver o que realmente está acontecendo. 
— Que quer dizer com realmente acontecendo? 
— Cada pessoa tem de reinterpretar a experiência familiar de um ponto de vista evolutivo, espiritual, e descobrir quem é ela própria na realidade. Assim que fazemos isso, nosso drama de controle desaparece e nossas vidas reais decolam. 
— Como começo então? 
— Primeiro entendendo como se formou seu drama. Me fale de seu pai.

E são em momentos assim, que a gente começa a pegar situações de sua jornada e utilizá-las na nossa vida. É um livro que nos leva a um auto conhecimento de modo claro, sem dificuldade no aprendizado.

Quer participar do NaNoWrimo? Não perde tempo e acesse o site!
Caso queira comprar o livro: Shoptime, Submarino ou Americanas.


 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.