-->

banner topo

[RESENHA] Lavínia e a árvore dos tempos

SINOPSE: Lavínia é uma menina de 9, quase 10 anos, um pouquinho diferente das outras de sua idade. Sem amigos na escola, sem um contato maior com seus pais, leva uma vida muito solitária para alguém tão pequeno. Seu único amigo, Leo, é quem divide com ela os anseios e questionamentos de sua infância, suas arquitetadas fugas dos Valentões e Marrentinhas que a perseguem na escola. Tudo muda quando recebe de presente uma fada, chamado Lorivaldo e que odeia seres humanos. Juntos, vão descobrir a magia escondida no mundo e os segredos da Árvore dos Tempos.

      Uma encantadora aventura narrada em terceira pessoa onde somos cativados por uma menina de nove anos, quase dez, que mora com seus pais Gisele e Lucas em Bonsucesso, onde sempre recebe visitas de seu amigo da rua de trás chamado Marcos Paulo (Léo), que era assim chamado pois era o nome que sua mãe queria ter dado a ele.

      Com seu amigo ela esquecia de todos os grupinhos da escola em que não se encaixava e do esforço que sempre fizera para evitar chamar atenção principalmente de Eduardo, o valentão mais conhecido como repeteco, pois repetira várias vezes a série. Já estava acostumada a ficar depois da aula por sempre chegar atrasada, pois esperava até que todos entrassem para não ser abordada por algum valentão nos corredores.

      Então conhecemos Laus. Uma fada que, para evitar um castigo maior indo para prisão do Tártaro, aceita como opção ser fada madrinha de Lavínia por um ano. Com um toque no regionário, Laus se transforma em Lorivaldo: sua versão humana com aparência tipicamente nordestina, e por estar segurando a varinha ela também se transforma numa peixeira (gente, como isso foi hilário). Lorivaldo é um personagem super engraçado, que recebe tal castigo pelo fato de odiar os humanos e por ter feito tanto mal a eles. É interessante observar a evolução dele e seu convívio com a "mente brilhante", que é como ele chama a Lavínia.

      O autor consegue juntar o livro infanto-juvenil com fantasia de forma que possa alcançar a todos os públicos e introduz criaturas como ents, globlins, titãs e até mesmo personagens folclóricos, criando assim uma originalidade incrível à sua história.
Enfim, o livro trata de assuntos importantes como exclusão social, vingança e bullying mas de forma divertida e fluída que consegue prender e arrancar boas risadas. Um conto de fadas para inovar nossa concepção estereotipada da cultura feérica.
 

"Perceba as pessoas à sua volta e não somente a dor que algumas lhe trazem".
"Não deseje vingança! Retire isso do seu coração, porque vingança tem enormes consequências, além de ser uma perda de tempo e de poder fazer você ferir muitas pessoas que podem na verdade não lhe conhecer direito e por esta razão te excluir!"
   
 Agradeço ao autor Lucinei que é nosso parceiro e que cedeu o livro, em breve teremos sorteios de brindes que o próprio autor confecciona e são muito fofos.


*Uma curiosidade: Existe um segundo livro que se chama "Lavínia e a magia proibida" e em breve também terá resenha aqui.

INFORMAÇÕES DO LIVRO

Título: Lavínia e a árvore dos tempos
Autor: Lucinei M. Campos
Ano de publicação: 2014
Páginas: 236
Editora: Independente
No idioma: Português
Gênero: Fantasia /Infantojuvenil
ISBN: 9788592100001
Avaliação média: 4,4/5
Minha Avaliação: 4,5/5
Data da Resenha: 17/04/2017
Crítico: Vanessa Januth

Nenhum comentário

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do site ou dos autores e são de total responsabilidade do usuário que os editou e submeteu à publicação.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.