-->

banner topo

[CRÍTICA] Capitão Fantástico

1 Comentário



Sinopse: Ben tem seis filhos com quem vive  no meio da floresta, longe da civilização, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. Certo dia um triste acontecimento leva a família a deixar o isolamento e o reencontro com parentes distantes traz à tona velhos conflitos.

A cena inicial já introduz um pouco do contexto do filme, na qual a família está nas proximidades de um rio a espreita de um cervo. Somos apresentados ao modo de viver dessa família, que reside em meio à natureza. Ben (Viggo Mortensen) cria e educa seus seis filhos afastados da sociedade capitalista: como ele próprio cita durante o filme. Aos poucos vamos entendendo o motivo que levou a esposa de Ben, Leslie (Trin Miller) ter que procurar a um tratamento na sua cidade natal no estado de Novo México.


Os ensinamentos de Ben aos seus filhos vão desde aprenderem a diversas línguas a praticarem yoga conectados a natureza. Cada um dos seis filhos tem nomes diferentes, sendo os únicos no mundo. Devido à ocorrência de algo triste, a família se vê em uma viagem inesperada a bordo de Steve (nome fofo do ônibus) reencontrado parentes distantes e alguns problemas.

Uma das cenas mais emocionantes é uma das finais, a família toda reunida celebrando a vida cantando acusticamente Sweet Child O Mine do Gun’s n Roses.

Essa imersão e reclusão na natureza pode fazer lembrar-se de outro filme: Na Natureza Selvagem (Into the Wild). Ainda mais pelas lindas paisagens (do estado de Washington) que são mostradas em todo o filme, a fotografia é de grande importância para tamanha diversidade no filme. Das atuações excelentes, além da de Viggo (que foi indicado ao Oscar pelo papel), os atores mirins se destacam de forma brilhante a cada momento, os mais novos são de uma simpatia e os mais velhos de tamanha emoção.


Tem nota 7,9 no IMDB e 72 no Metascore, que é uma excelente nota, se compararmos com os indicados a melhor filme no Oscar desse ano. Foi ganhador em Cannes de prêmio de melhor diretor.


Nome: Capitain Fantastic
Diretor: Matt Ross
Roteiro: Matt Ross
Atores: Viggo Mortensen, George MacKay, Samantha Isler, Frank Langella
Data de lançamento: 22 de dezembro 2016
Gêneros: Drama, comédia dramática.
Classificação da MPAA: 14 anos
Duração: 118 minutos
Avaliação segundo o IMDB
              Avaliação: 7,9/10
              Votos: 96.173
Crítica
Crítico: Larissa Batalha
              Avaliação da crítica: 9,5/10 
              Data Crítica: 06/04/17
 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.