-->

banner topo

[RESENHA] Quando o vento sumiu

1 Comentário
Sinopse: Suzan, Mateus e Renato parecem três jovens como outros quaisquer do Rio de Janeiro. Suzan estuda Turismo. Renato e Mateus, Engenharia Civil. Os três são amigos desde o colégio e, apesar de muito diferentes, são inseparáveis. Mas, entre aulas, festas, momentos em família e idas à praia, cada um deles enfrenta seus problemas. Desde que o pai foi pego dando um golpe, Mateus vive só com a mãe, marcado por esse acontecimento. Renato é um garoto rico que resiste às pressões do pai para surfar menos e se interessar mais pela construtora da família. Suzan é apaixonada por Renato e sofre por ser considerada apenas uma amiga – e pela pressão da mãe para que se envolva com ele.
No correr dos dias, a amizade dos três se transforma sutilmente. Suzan deve se declarar ao amigo, ou tentar ser feliz de outro modo? Mateus terá realmente só a amizade para lhe oferecer?Renato deve se render à pressão paterna e se aplicar mais aos estudos? E até que ponto a relação dos três suportará o desgaste do tempo?

Embora tenham toda a vida pela frente, logo descobrirão uma dura lição: algumas escolhas têm consequências duradouras e alteram o curso de toda uma existência. Muitas coisas saem diferente do desejado. O difícil é prever o resultado de nossas opções e conviver com elas no futuro.

E se você pudesse voltar atrás e escolher outro final para a sua história? Que escolha você faria diferente?
     O livro inicia com Susan na Alemanha comemorando seu aniversário de 30 anos e volta a 10 anos atrás para contar sua história. É escrito em terceira pessoa e se passa no RJ, diferente dos outros livros da autora que se passam em MG.
Susan estuda Turismo e mora com seus pais,  Helena e Antônio e sua irmã Rebeca. Mateus cursa engenharia Civil junto com Renato e nutre sentimentos não correspondidos por Susan, que é apaixonada por Renato – TRIÂNGULO AMOROSO? - Paixão que sua mãe incentiva sem tentar disfarçar. O pai de Renato, Rogério acha que o filho deve parar de pegar ondas o dia todo e ganhar um pouco de responsabilidade. Lureana, porém, sempre apoiava o filho.

Eulália, a mãe de Mateus,  trabalha na lanchonete da faculdade, pois teve que sustentar o filho desde que seu marido fora preso por estelionato quando ele tinha 15 anos. Com a notícia de que Vagner será solto, Mateus começa a se preocupar Com o rumo que sua vida irá tomar.
     Com a mesma pegada dos outros livros da Graciela, personagens jovens num ambiente de faculdade, porém dessa vez aborde um tema inovador: o menino ser filho de um presidiário.
Susan deve se declarar para o amigo ou tentar ser feliz de outra forma? Renato deve ceder à pressão do pai de estudar no exterior? A amizade realmente pode sobreviver a qualquer coisa?
     Achei estranho o fato de os personagens serem tão  bonzinhos: dar uma chance à felicidade é uma coisa que eu nunca diria...
O final alternativo me deu esperança de uma mudança bem radical, mas chorei da mesma forma com os dois finais. A autora mostrou que sabe como partir um coração em pedacinhos.

INFORMAÇÕES DO LIVRO
Título: Quando o vento sumiu
Autor: Graciela Mayrink
Ano de publicação: 2015
Páginas: 264
Editora: L&PM 
No idioma: Português
Gênero: Romance
ISBN: 9788525432742
Minha Avaliação: 4/5
Data da Resenha: 27/04/2017
Crítico: Vanessa Januth

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.