-->

banner topo

[RESENHA] Miguel - Carol Paim

1 Comentário

Miguel é um romance sobre resiliência, sobre aceitar a diferença do outro e se adaptar a isso. Enquanto de um lado tem uma mulher direta, que não tem vergonha de falar e viver sua sexualidade, do outro temos um homem que desistiu de se tornar padre, mas que sem fugir de sua fé decide permanecer celibatário.

O encontro de Miguel e Aurora é cheio de pré-julgamentos e desculpas, em uma comunicação divertida do casal. Ele leva tudo que ela fala muito a sério e Aurora aproveita da inocência dele para brincar com o fato dele ser celibatário. Rapidamente o que poderia ter sido totalmente desastroso vira uma amizade.

Para ambos é claro que um relacionamento dificilmente daria certo, Aurora é uma mulher que vive plenamente sua sexualidade e não acredita em casamentos, como poderia se envolver com um homem virgem que pretende transar apenas depois do casamento?
Algo em você me faz querer te conhecer melhor, mas ao mesmo tempo sei que você merece alguém melhor do que eu. Então, você realmente não deve ceder à tentação, e a tentação que vos fala também não vai mais pensar besteira sobre você ou fazer nada para que você precise se preocupar. […]
Eu não sabia o que dizer. Dizer que ela não era uma tentação seria uma grande mentira. Ela era a maior tentação que conheci na vida.



Um ponto positivo do livro é apresentar questão dos relacionamentos amorosos nesse tempo de modernidade liquida, o amor liquido do Bauman, a introdução de Aurora representa bem a superficialidade dos laços humanos nos relacionamentos amorosos. Enquanto Miguel passa por um momento diferente, distante de um se envolver emocionalmente pois espera encontrar alguém que possa estabelecer um relacionamento sólido.

Miguel é um romance bem leve, ele é mais puxado para o lado religioso, isso fica claro pelas citações bíblicas que abrem os capítulos. Particularmente se alguém me falasse isso antes eu teria certa resistência em ler por pensar que seria “catequizador” ou até muito água com açúcar. Pré-conceitos eu sei. Mas por não saber disso, e o ler por conta de um projeto do grupo Lunáticas por romance, o #lulumarketeira, acabei me surpreendendo. A Carol levou o romance no tom desejado de um romance religioso, mas o faz com muito humor, sem dedos para evitar os palavrões de Aurora. E sim tem cena HOT. O livro esta disponível na versão e-book, para visualizar é só clicar na capa do livro ou no gif.

Sinopse: Pecados e virtudes. Certo e errado. Isso importa quando o amor está em pauta?
Uma mulher provocadora. Um homem respeitador e religioso.
Ele acredita no sexo após o casamento. Ela acredita em encontros de uma noite. Paixão é o que ela sente. Ele sente o amor. Ela quer ser feliz e nesse ponto os dois concordam, mas como fazer dar certo para que os dois tenham seu final feliz? Quem abrirá mão de seu jeito de viver para se adequar ao outro?
Quando as certezas e crenças de um homem são postas à prova pela determinação e desejo de uma mulher, tudo pode acontecer.
Miguel é um romance divertido sobre aceitação e respeito. Onde o maior desejo é que o amor prevaleça sobre o preconceito e os obstáculos que a diferença de pensamentos e crenças podem trazer.

Título: Miguel
Autora: Carol Paim
Ano de publicação: 2016
Páginas: 229
Editora: Amazon
No idioma: Português
Gênero: Literatura religiosa, Romance
Data da resenha: 09/01/2018
Minha avaliação: 4,0/5
Avaliação Amazon: 4.7/5 (23 Avaliações)
Resenhado por: Eve Lopes

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.