-->

banner topo

Desventuras em série na Netflix




A série se inicia com Lemony Snicket contando a história dos órfãos Baudalaire e, imediatamente, ele tenta nos persuadir a desistir da história, informando que ela não possui final feliz. Mesmo que não se apresente de imediato, a história de Lemony está ligada a série. Um dado interessante é que Lemony Snicket era um pseudônimo utilizado pelo autor - Daniel Handler - nos livros Desventuras em série.


Violet (Malina Weissman) tem 14 anos e é a irmã mais velha, por esse motivo não pode usufruir da herança deixada por seus pais. Klaus (Louis Hynes) tem 12, e Sunny (Presley Smith) ainda é um bebê. Todos os Baudelaire têm qualidades: Violet gosta de inventar aparelhos incomuns, Klaus é um grande leitor e Sunny, mesmo pequena, tem dentes afiados e muito úteis. Embora a menina ainda não fale, seus irmãos entendem seus murmúrios e os traduzem.
Srº Poe (K. Todd Freeman) é um banqueiro muito prático, já sua esposa, é uma jornalista insensível. Eles são os primeiros que acolhem os Baudelaire, assim que sua casa pega fogo, mas logo os jovens são levados ao parente mais próximo, ou pelo menos a definição de parente mais próximo aceita pelo Srº Poe, e vão parar na casa de Conde Olaf (Neil Patrick Harris).



Se tratando do conde Olaf, nessa questão Violet não tem razão, afinal, primeiras impressões podem não ser enganação. O homem é um péssimo ator que vive em uma casa velha e sem manutenção. Por não conseguir colocar as mãos no dinheiro das crianças, ele os põe para cuidar da casa e servir como seus criados, enquanto planeja uma forma de roubá-los.

Filme vs Série
No filme, os Baudelaire são mais autônomos, achei que algo que deixou a série mais lenta é o fato da Sunny ser muito pequena. No filme a menina já andava e isso evitava que a Violet ou o Klaus tivessem que carregá-la o tempo todo. Então, torna-se frequente em parte das cenas os irmãos mais velhos colocarem o bebê deitado ou sentado em algum lugar aparentemente fora do campo de visão, enquanto eles seguem a cena. Talvez, a escolha pela atriz mirim seja também relacionada ao cronograma da série, já que se planeja mais 18 episódios para as duas próximas temporadas.

Tanto a série, quanto o filme são voltados para pessoas que gostem daquele princípio Peter Pan. O foco da série é nas crianças, então elas são muito inteligentes, enquanto os adultos parecem tremendamente estúpidos. No entanto, como costuma ser comum, a opinião delas é sempre ignorada, na visão dos adultos eles estão apenas fantasiando, por serem crianças ou por estarem sofrendo com todos os infortúnios.

Eu gostei da série, mas assisti os primeiros 6 episódios sofrendo, comparando com o filme. A série é mais detalhada, o que dá uma sensação de ser uma cópia do filme com um desenvolvimento mais lento. É como se você tivesse lido um resumo de 30 páginas de um livro, e depois vai ler o livro com 300 páginas dizendo as mesmas coisas só que de modo mais enrolado. Como usaram os três primeiros livros para fazer o filme, e estão usando os livros para fazer a série, os primeiros seis episódios são bem similares ao filme. Cada livro da série foi transformado em dois episódios para o Netflix.

Não quero ver tudo de novo, vale a pena pular os episódios e ir direto para 1x07?
Antes de assistir até o final, pensava que o maior prejuízo seria em relação ao Lemony, e as cartas destinadas a Beatrice, que aparecem no início do episódio, ou mesmo as vinhetas que mudam a cada tutor. Mas, ao ver a série até o final, percebi uma coisa: tem dois personagens que aparecem na série que não estavam no filme. Eles são os responsáveis por essa sensação de final feliz e tornam a proposta da série convincente. Ou seja, por mais que pareça meio maçante ver de novo, pular os episódios vai atrapalhar, e muito, essa visão.

Sem dúvidas, Desventuras em Série cumpre o que promete até o fim, não é uma história com um fim alegre e, se alguém achou triste o fim do filme, não deve esperar algo mais feliz para o final da série. No desenrolar dela, mas principalmente nos dois últimos episódios, aprendemos que Lemony realmente está certo: não devemos ter qualquer esperança de um final feliz.

Episódios da Primeira temporada:
  • 1x01: Mau Começo: Volume 1
  • 1x02: Mau Começo: Volume 2
  • 1x03: A Sala dos Répteis: Volume 1
  • 1x04: A Sala dos Répteis: Volume 2
  • 1x05: O Lado das Sanguessugas - Volume 1
  • 1x06: O Lado das Sanguessugas - Volume 2
  • 1x07: Serraria Baixo-Astral - Volume 1
  • 1x08: Serraria Baixo-Astral - Volume 2

Número da temporada: Primeira
Número do episódio: 01, 02, 03, 04, 05, 06, 07 e 08.
Diretores: Daniel Handler, Barry Sonnenfeld, Bo Welch e Mark Palansky.
Atores: Neil Patrick Harris, Malina Weissman, Louis Hynes, Patrick Warburton, Presley Smith, Aasif Mandvi,Alfre Woodard, K. Todd Freeman, Don Johnson, Joan Cusack, Catherine O'Hara, Cobie Smulders e Will Arnett.
Data da crítica: 18/01/2017
URL oficial:https://www.netflix.com/title/80050008
Avaliação média: 4,5
Publicação da Série: 13/01/2017

2 comentários

  1. Eu vi pouco da série até agora, mas já adorei! Eu tentei deixar de lado as comparações com o filme (embora compará-la ao livro tenha sido inevitável para mim). Eu simplesmente amei o cenário e os personagens. Não sei se você se refere aos dois personagens que estou pensando, mas eu adorei a entrada deles na série e acho que pode dar um toque diferenciado.

    Enfim, até agora gostei, e espero não me decepcionar.

    Adorei o post!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Assim como você disse, fica maçante pra quem viu o filme... eu ficava comparando toda hora! Que saco, se eu soubesse nem tinha visto o filme antes :( me incomodou um pouco esse narrador aparecendo toda hora e dando toques de humor... e também a bebê muito pequena! Mas, no geral eu gostei, achei divertida e tô curiosa pra saber das próximas temporadas :D

    ResponderExcluir

Os comentários publicados não representam a opinião do site ou dos autores e são de total responsabilidade do usuário que os editou e submeteu à publicação.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.

Personalizado por Eve Scintilla.